O que fazer em Caraíva?


Por Lucas Guerra e Lilian Baeta

Boteco do Pará

Todo final de tarde, sentávamos nas mesinhas de madeira debaixo das amendoeiras para apreciar a vista do rio, deliciar o famoso pastel de arraia (R$4,50) e, é claro, tomar aquela gelada (R$8,00).

Pastéis do Boteco do Pará

Pastéis do Boteco do Pará

O bar em si não tinha nada demais, pelo contrário, era bem simples, mas a paisagem ao redor e o sabor único da arraia eram de tirar o chapéu!

Boteco do Pará

Boteco do Pará

Aquarius

O Aquarius era nossa primeira opção quando queríamos sair para jantar. O restaurante foi muito bem recomendado pelos locais e estava sempre cheio. Tomar uma cervejinha (R$8,00) na varanda avistando aquele céu estrelado, não tem preço. rs

Aquarius

Aquarius

O menu tinha muitas opções de carnes, o que não é algo muito comum no litoral da Bahia.  Isso é uma vantagem para quem não gosta de pescados.

De entrada, pedimos uma isca de peixe, que estava gostosa, mas nada em especial.  Já o jantar, Talharim com frutos do mar (R$85,00), estava uma delícia. O prato era bem farto e serviu 4 pessoas com tranquilidade.

Talharim no Aquarius

Talharim no Aquarius

Gostamos muito do clima amistoso do restaurante e do carisma dos funcionários e da proprietária.

Principado

Após uma longa soneca pós-praia, acabamos perdendo a hora do jantar e quando saímos, a maioria dos restaurantes estava fechando. Uma das poucas opções que estava aberta era o Principado. Já havíamos sido convidados ao restaurante pelos donos, quando estivemos no Bar da Praia, mas adiamos a visita porque outros lugares estavam mais cheios, portanto mais convidativos.

Principado - Restaurante em Caraíva

Principado – Restaurante em Caraíva

O restaurante funciona em uma casinha bem charmosa, com um ambiente agradavelmente escuro. Lá eram servidos sushis (com um precinho um pouco salgado: combinado com 24 peças a R$89) e pizzas (com preço mais justo, entre R$ 30 e R$50 reais). Como estávamos acompanhados por outro casal e não chegamos a um acordo sobre o que pedir, acabamos experimentando as duas opções. A comida japonesa estava gostosa, mas com um sabor trivial e as peças de sushi eram um pouco grandes para levar à boca sem antes serem partidas. Já a pizza estava excelente, muito saborosa e com uma massa bem fininha.

Combinado de 24 peças - Principado

Combinado de 24 peças – Principado

Pizza - Principado

Pizza – Principado

Toda esta comilança foi regada à longnecks Stella (R$8,50… infelizmente o Principado não trabalha com garrafas de 600ml). Cervejinha cara até para os padrões de  Caraíva, mas era o que tinha pro dia, né?!

Bar da Praia

A barraca, que faz parte da pousada Casa da Praia, nos chamou a atenção por estar movimentada e por ter boa estrutura de tendas e espreguiçadeiras.. Chegando lá, fomos surpreendidos com os preços altos do cardápio, mas mesmo assim pedimos algumas cervejas (R$11,00 – Heineken de 600 ml).

Bar da Praia

Bar da Praia

Como o atendimento deixou a desejar (demorava um tempão para nossa bebida ser reposta), resolvemos mudar para a barraca ao lado: Coco Brasil, que não foi a nossa primeira opção por estar mais vazio.

Coco Brasil

A barraca apesar de estar menos movimentada, tinha uma estrutura boa e um precinho bem mais camarada. O que mais gostamos foi, com certeza, o atendimento. Ficamos simplesmente encantados com o carisma do nosso garçom.

Coco Brasil

Coco Brasil

Como passamos a tarde por lá, tivemos oportunidade de experimentar vários petiscos, como: camarão alho e óleo, peixe frito e isca de peixe. Todos estavam bem gostosos, mas o preferido foi, sem dúvidas, o peixe frito.

Porção de Camarão do Coco Brasil

Porção de Camarão do Coco Brasil

Para beber, tomamos cerveja (R$8,50), pina colada (R$20,00), netuno e capifrutas (R$20,00). Os drinks estavam tão bons que acabamos ficando daquele jeito kkkkkk. E por isso, não lembramos pegar os preços e tirar fotos dos petiscos.

Pina Colada - Coco Brasil

Pina Colada – Coco Brasil

Ahhhh!! Para quem não conhece, Netuno é uma bebida típica da região, feita de vinho de caju e gengibre. Super recomendo! (a garrafa no mercadinho do André custa R$10,00 e nos restaurantes um copo sai por R$5,00).

Praia de Corumbau

Durante nossa estadia na cidade, fizemos também um ótimo passeio à praia do Corumbau, que fica em uma reserva indígena entre o Monte Pascoal e Caraíva. Para chegar até lá, contratamos um bugueiro (R$ 140 reais ida e volta para 4 pessoas), que nos deixou às margens do rio Corumbau, onde fizemos a travessia de canoa (R$4 por pessoa, ida de volta).

Os restaurantes ficavam a uma caminhada de 10 a 15 minutos do local onde o a canoa nos deixou. A praia é de uma beleza fora do comum, uma ponta de areia branquinha cercada por um marzão esverdeado imenso e tranquilo. Com a maré baixa, a ponta do Corumbau era alongada por um banco de areia de uns 200 mts, que invadia o mar e formava algumas piscinas naturais rasinhas.

Corumbau

Corumbau

Nos acomodamos na barraca de praia Sol e Vida. Suas mesinhas de madeira cobertas com tendas deixavam sombras generosas. Era um lugar simples, mas muito charmoso.

Sol e Vida - Corumbau

Sol e Vida – Corumbau

Para espantar o calor e curtir o dia, tomamos algumas cervejas (R$7,50 600ml), caipvodkas (R$15), e alguns cocos (R$4,50). Na hora de espantar a fome, pedimos uma porção de camarões à milanesa (R$40) e mais tarde, uma moqueca de camarão (R$65). As duas eram feitas com aqueles camarões miudinhos, o que não estava especificado no cardápio, mas pelo menos eram fartas. A moqueca, acompanhada de arroz, salada e pirão, tinha uma aparência bem caseira e estava uma delícia. Já a porção estava com os camarões um pouco duros.

Porção de Camarão à Milanesa - Sol e Vida

Porção de Camarão à Milanesa – Sol e Vida

Moqueca de Camarão - Vida e Sol

Moqueca de Camarão – Vida e Sol

Elegemos Corumbau como a praia mais bonita da viagem, devido à paz que reina no lugar e à sua beleza natural.

Caminhada incrível até à Praia do Espelho

Estávamos tão deslumbrados com a beleza de Caraíva e querendo curtir o máximo o lugar, que decidimos fazer, em nosso último dia, a famosa caminhada até a praia do Espelho.

Caminhada até a Praia do Espelho

Caminhada até a Praia do Espelho

Como tínhamos que andar 9km pela praia e debaixo do sol, nos preparamos com boné, óculos escuros e bastante protetor. E, é claro, que abastecemos nossa mochila com garrafinhas de água, protetor solar e coisinhas para comer.

Saímos da vila às 10h, andamos uns 10 minutos até chegar ao encontro do rio com o mar, fizemos a travessia de canoa (R$3,00) e fomos rumo ao Espelho.

Para recarregar as energias, recomendamos tomar um banho na famosa lagoa do Satu. Revigorante!

Grande parte da caminhada é feita pela praia, mas quase chegando ao Espelho, há uma trilha de terra, que quase ficamos perdidos. Se não tivessem as placas, com certeza, teríamos dificuldade para encontrar o caminho.

Confesso que a caminhada foi longa (3 horas) e até cansativa em alguns momentos, mas valeu a pena cada minuto.  Foi sensacional andar por aquelas praias desertas e maravilhosas.

Por incrível que pareça, achamos as paisagens do passeio mais bonitas do que a própria praia do Espelho.

Praia do Espelho

Praia do Espelho

Gostinho de quero mais…

Como tínhamos pouco tempo na vila, acabamos não fazendo tudo que queríamos como:

  • Descer o rio de Caraíva de boia

  • Ficar uma tarde na praia do Satu

  • Fazer stand up paddle

  • Curtir os forrós da cidade

Leia sobre Caraíva
Veja aqui nossas dicas sobre o lugar
Clique aqui para saber como chegar até lá
Leia sobre Casinhas da Bahia, pousada onde nos hospedamos em Caraíva

 

Anúncios

9 respostas em “O que fazer em Caraíva?

  1. Pingback: Que tal restaurante Capim Santo em Trancoso? | Vivendo em Férias

  2. Pingback: Procurando por restaurantes em Trancoso? | Vivendo em Férias

  3. Pingback: Onde hospedar em Trancoso? | Vivendo em Férias

  4. Pingback: 4 dias em Trancoso… | Vivendo em Férias

  5. Pingback: Bahia – Nosso roteiro | Vivendo em Férias

  6. Pingback: Casinhas da Bahia – Onde ficar em Caraíva | Vivendo em Férias

  7. Pingback: Como chegar a Caraíva? | Vivendo em Férias

  8. Pingback: 10 Dicas de viagens para Caraíva | Vivendo em Férias

  9. Pingback: Caraíva – Lugar de outro mundo! | Vivendo em Férias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s